No Ar - Cida Livre

A Seguir - 21:00 Eletro Cida


--- Após alta de hospital, Laerte agradece apoio e diz: ‘A doença é difícil e perigosa, estamos no meio da luta’ ---

por Cidadã FM

em 2 de fevereiro de 2021


Após receber alta do hospital, Laerte Coutinho, de 69 anos, agradeceu todo o apoio recebido desde que foi diagnosticada com Covid-19. A cartunista ficou internada durante 10 dias no Instituto do Coração (InCor), em São Paulo, deixando o hospital neste domingo (31).

“O impulso é dizer ‘sarei’, ‘escapei’, mas a 1ª pessoa não dá conta. Contei com gente querida e apoio firme desde o começo – sem isso não estaria de volta aqui. Gente que batalhou por um sistema de saúde eficiente, gente que povoa e dá movimento a esse sistema, gente que lembrou de mim, se preocupou, rezou, fez desenhos, emanou vibrações e comemorou as melhoras.”

“Fico muito, muito grata e comprometida com essa força toda. A doença é difícil e perigosa, estamos ainda no meio da luta. Essa solidariedade e cuidado é nossa principal forma de vencer”, escreveu a cartunista em seu Twitter.

Após alta, Laerte segue com tratamento contra a doença em casa.

“Com progressiva melhora de seu estado clínico, a cartunista Laerte Coutinho (69) teve alta hospitalar do InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP), às 10h da manhã deste domingo (31/1), para continuidade do tratamento em regime domiciliar”, informou nota divulgada pela assessoria de imprensa do hospital.

Internação

Laerte estava internada desde o dia 21 de janeiro e, na manhã de terça-feira (26), foi transferida para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Respiratório do instituto, onde passou por “tratamento medicamentoso e com suporte ventilatório não invasivo, por meio de cateter de alto fluxo”, informou o InCor naquela data.

Na quarta-feira (27), o InCor divulgou que Laerte continuava na UTI “sob tratamento medicamentoso, associado a suporte ventilatório não invasivo, cateter de oxigênio e fisioterapia respiratória”.

Na quinta-feira (28), o instituto informou que Laerte havia deixado a UTI após melhora do quadro clínico da cartunista. Ela ficou em tratamento medicamentoso no quarto, com o uso de “cateter de oxigênio e fisioterapia respiratória”.

Uma das principais cartunistas do país, Laerte divulgou na sexta-feira (22) que testou positivo para a doença. Em seu perfil no Twitter, ela afirmou na ocasião que estava “sob bons cuidados” e que “a evolução [do quadro de saúde] era satisfatória”.

“Fico grata pelas emanações e preocupações! Vocês, máscaras, mãos lavadas e o possível de isolamento”, escreveu ela, que é autora de charges e tirinhas, como “Piratas do Tietê”.

Fonte: https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2021/02/02/apos-alta-de-hospital-laerte-agradece-apoio-e-diz-a-doenca-e-dificil-e-perigosa-estamos-no-meio-da-luta.ghtml

Publicidade