Agosto Laranja - Conscientização sobre a Esclerose Múltipla

No Ar - Viva Melhor

A Seguir - 21:00 Forró da Cida


--- CRASH #2: Alexander Wurz capotou após acidente na largada no GP do Canadá de 1998 ---

por Cidadã FM

em 17 de fevereiro de 2021


A seção CRASH está de volta ao F1 Memória com um acidente bastante assustador de aspecto, mas que não teve consequências para o piloto. Falamos da capotagem do austríaco Alexander Wurz após uma colisão múltipla na largada do GP do Canadá de 1998, em Montreal. Wurz tirou a poeira do macacão, pegou o carro reserva, participou da segunda largada e ainda ficou em quarto lugar! Ufa!

A corrida do Canadá era a sétima de 16 do Mundial de 1998, e Wurz vinha fazendo uma boa temporada. A Benetton já não era a potência dos tempos de Michael Schumacher, bicampeão pelo time em 1994 e 1995, mas ainda assim tinha boa competitividade. Antes da corrida em Montreal, o austríaco era o quinto colocado na tabela, com três quartos lugares em seis provas.

A classificação não foi boa para Wurz, que ficou num decepcionante 11º lugar no grid, a quase um segundo do companheiro de equipe Giancarlo Fisichella. Como diria Nelson Piquet, o austríaco estava no “pelotão da m…”, e a largada comprovou isso.

Na aproximação para a primeira curva, Wurz tentou ultrapassar Jean Alesi (Sauber) por dentro, mas perdeu completamente a freada. A Benetton decolou no toque entre os carros e capotou pela caixa de brita, levando junto a Prost de Jarno Trulli. Olivier Panis (Prost) e Johnny Herbert (Sauber) também foram envolvidos na lambança.

Mesmo capotando por três vezes, Wurz parou com o carro na posição certa, e, milagrosamente, não se machucou. Naquela época, era permitida a troca de caso em caso de interrupção da corrida antes de duas voltas, e o austríaco saiu correndo a pé em busca do carro-reserva nos boxes.

Carro de Alexander Wurz capotou após acidente na largada em Montreal, em 1998 — Foto: Getty Images

Carro de Alexander Wurz capotou após acidente na largada em Montreal, em 1998 — Foto: Getty Images

Wurz ainda conseguiu partir da sua posição original no grid, mas se viu envolto numa outra confusão na segunda largada. Desta vez, ele escapou, embora tenha caído para 16º. Mas, numa prova tumultuada, com três entradas do safety car, o austríaco fez excelente corrida de recuperação para terminar em quarto lugar, a apenas 3s2 do terceiro colocado Eddie Irvine (Ferrari). Alexander Wurz correu na F1 até a temporada de 2007.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/blogs/f1-memoria/post/2021/02/17/crash-2-alexander-wurz-capotou-apos-acidente-na-largada-no-gp-do-canada-de-1998.ghtml