No Ar - Meu Dia

A Seguir - 19:00 A Voz do Brasil


--- Novo pedido de impeachment de Donald Trump: veja perguntas e respostas. ---

por Cidadã FM

em 12 de janeiro de 2021


O Partido Democrata apresentou nesta segunda-feira (11) um pedido de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por “incitar a insurreição” no episódio em que apoiadores trumpistas invadiram o Capitólio, em Washington.

 

Esse processo correrá a menos de duas semanas da posse de Joe Biden como novo presidente dos EUA, o que não tem precedente na história americana. O democrata assume a Casa Branca em 20 de janeiro.

 

A expectativa é que já nesta semana os democratas levem ao plenário as acusações contra Trump e votem se o processo segue ou não ao Senado. A dúvida é se o julgamento entre os senadores começará antes de o presidente deixar o cargo.

 

Trump passou por um processo de impeachment em 2019 acusado de obstrução ao Congresso e abuso de poder no caso do telefonema ao presidente da Ucrânia. Ele foi acusado de pressionar Volodymyr Zelensky a produzir um material com denúncias justamente contra Biden, seu algoz nas eleições de 2020.

 

O processo passou pela Câmara, de maioria democrata, mas os senadores inocentaram Trump em janeiro de 2020 — o que já era esperado, dada a maioria republicana leal ao presidente à época.

 

A situação, portanto, é outra neste momento porque Trump perdeu apoio mesmo entre fileiras do Partido Republicano e porque ele terá, de qualquer forma, de deixar o cargo em 20 de janeiro.

 

Veja abaixo perguntas e respostas sobre o processo de impeachment de Trump nos EUA

 

Como funciona um impeachment nos EUA?

Prédio do Capitólio em Washington D.C., que abriga o Congresso dos EUA, em foto de 28 de dezembro de 2020 — Foto: Leah Millis/Arquivo/Reuters

Prédio do Capitólio em Washington D.C., que abriga o Congresso dos EUA, em foto de 28 de dezembro de 2020 — Foto: Leah Millis/Arquivo/Reuters

 

Os “artigos do impeachment”, ou seja, as acusações contra o presidente, são escritos e apresentados ao plenário da Câmara dos Representantes, equivalentes aos deputados. Então, eles votam se aprovam ou não cada um desses artigos.

 

Se uma maioria simples dos 435 representantes aprovar uma ou todas as acusações, o presidente sofre formalmente o impeachment e o processo segue para o Senado, que fará o julgamento. Diferentemente do Brasil, o presidente alvo de processo de impeachment na Câmara não é afastado e continua no cargo até a decisão dos senadores.

 

Uma vez no Senado, as acusações são novamente apresentadas começa um julgamento parlamentar. Caso dois terços dos senadores decidam pela condenação, o presidente tem o mandato cassado.

 

Quais as chances de Trump sofrer impeachment?

Com maioria democrata, é praticamente certo que a Câmara decidirá pelo impeachment de Trump, como ocorreu em dezembro de 2019. A questão é se ele sofrerá condenação no Senado, que ainda tem maioria republicana.

Neste momento, os democratas ocupam 46 cadeiras no Senado, além dos dois assentos de políticos independentes que costumam votar com o partido de Biden. Os republicanos somam 51 senadores: a senadora Kelly Loeffler só passa o cargo ao democrata eleito Raphael Warnock depois da certificação dos resultados, e a vaga de David Perdue está vaga também até que a vitória de Jon Ossoff seja formalmente ratificada. Ossoff e Warnock foram eleitos na semana passada, no segundo turno da eleição da Geórgia.

Fonte: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/01/11/novo-pedido-de-impeachment-de-donald-trump-veja-perguntas-e-respostas.ghtml

Publicidade