No Ar - Meu Dia

A Seguir - 19:00 A Voz do Brasil


--- Rodada da NBA tem expulsões, passe mágico de LeBron e jogo adiado por causa do coronavírus ---

por Cidadã FM

em 11 de janeiro de 2021


Sete jogos movimentaram o domingo na NBA, mas o destaque foi a partida que não aconteceu. O jogo entre Boston Celtics e Miami Heat teve de ser adiado por falta de atletas do time da Flórida, abatido pelo coronavírus. Em quadra, a rodada teve passe mágico de LeBron James, teve treta e expulsões, teve jogo decidido nos segundos finais, e teve o tradicional festival de tocos e enterradas. Confira o que de melhor aconteceu na noite da liga americana de basquete!

Abatidos pela covid

Abatido pelo coronavírus, o Miami Heat ficou sem o número mínimo de jogadores (oito) para jogar contra o Boston Celtics no domingo. A partida teve de ser adiada. Foi o segundo jogo adiado desta temporada por causa da covid-19. Antes o duelo entre Oklahoma City Thunder e Houston Rockets foi adiado.

Treta e expulsões

vitória do Los Angeles Lakers sobre o Houston Rockets foi quente. Uma treta entre DeMarcu Cousins e Markieff Morris colocou fogo na partida, e o jogador do time californiano acabou expulso. Pouco depois, Cousins fez uma falta antidesportiva em LeBron James e também acabou expulso.

Passe mágico

Apesar das confusões, a partida entre Lakers e Rockets teve lances bonitos, o principal deles foi um passe mágico de LeBron James para KCP fazer a cesta no contra-ataque.

10mil vezes Kawhi

O Los Angeles Clippers também venceu na rodada. Contou com 35 pontos de Kawhi Leonard para bater o Chicago Bulls, mesmo com uma atuação de 45 pontos de Zach LaVine. Na partida, Kawhi alcançou uma marca expressiva: ultrapassou os 10 mil pontos na carreira.

Do toco à enterrada

Na vitória dos Clippers, o croata Ivica Zubac também teve seu momento de brilho. Ele foi de um tocaço em Coby White para uma cravada no contra-ataque.

Na reta final

Golden State Warriors venceu o Toronto Raptors em uma partida decidida nos cinco segundos finais. Damion Lee cavou uma falta para depois acertar dois lances livres para o time californiano a 3.3 segundos para o fim. Pascal Siakam ainda teve mais uma chance de dar a vitória à equipe canadense, mas errou o arremesso no estouro do cronômetro.

Publicidade