Evento on-line debate consequências das queimadas no Pantanal e na Amazônia

Mesas de debates promovidas pelo Instituto de Biociências da USP serão transmitidas nos dias 29, 30 e 31 de março em canal no YouTube.

No ano passado, as queimadas enfrentadas pela Amazônia superaram o total de incêndios ocorridos em 2019, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Enquanto o Pantanal teve 23 mil km² consumidos pelo fogo, como apontaram dados produzidos por pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas do Pantanal (INPP) e da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Questões sobre este cenário serão debatidas no evento Incêndios no Pantanal e na Amazônia: causas, consequências e o futuro que queremos

O encontro, produzido pelos programas de pós-graduação de Biodiversidade, Comissão de Cultura e Extensão Universitária e Comissão de Políticas Públicas Ambientais do Instituto de Biociências (IB) da USP, ocorrerá em três dias: 29, 30 e 31 de março, das 10 às 12 horas, com transmissão on-line pelo canal do IB no YouTube.

O primeiro encontro será mediado por Jean Paul Metzger e Ítalo Rocha e debaterá os motivos pelos quais o número de queimadas aumentou; já o segundo dia, mediado por Lúcia Garcez Lohmann e Luisa Truffi, discutirá a proporção das consequências causadas pelos incêndios. O último dia terá como foco debater as possíveis soluções para as queimadas. A mediação será feita por Rafael Barreiro Chaves e Paulo Diaz.

Para debater os temas, participam: Natalie Unterstell e Taciana Stec, do projeto Política por Inteiro, que monitora os sinais políticos de mudanças relevantes anunciadas ou realizadas pelo Executivo Federal; Katia Ono, articuladora comunitária e assessora técnica em manejo de recursos naturais e fogo no Território Indígena do Xingu, que compõe a equipe do Programa Xingu do Instituto Socioambiental; Rossano Marchetti Ramos, biólogo do Prevfogo, Centro de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais, onde coordena o Núcleo de Pesquisas e Monitoramento; Geraldo Alves Damasceno, professor da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, coordenador do projeto PELD/Núcleo de Estudos do Fogo em Áreas Úmidas; Toby Gardner, do Stockholm Environment Institute, onde colidera a Iniciativa Sustentabilidade de Produtores para Consumidores e a plataforma Trase – Transparência para Economias Sustentáveis; e Erika Berenger, pesquisadora do Ecosystems Lab da Universidade de Oxford, atuante em projetos que focam as funções e processos ecossistêmicos na Amazônia.

O evento será transmitido pelo canal do IB no YouTube. Mais informações sobre a programação e convidados estão disponíveis no site do evento.

Fonte: https://jornal.usp.br/universidade/evento-on-line-debate-consequencias-das-queimadas-no-pantanal-e-na-amazonia/