Maio Laranja - Contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes

Secretaria da Pessoa com Deficiência entrega equipamentos de reabilitação para pacientes que se recuperam da Covid-19

Os equipamentos serão eficazes também no tratamento de pessoas com deficiência que necessitam de fisioterapia respiratória.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), entregará nesta quinta-feira, 18 de março, às 10h45, em cerimônia virtual, equipamentos de reabilitação para os Centros Especializados em Reabilitação (CERs) da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). O evento online contará com a participação do Prefeito Bruno Covas, da Secretária Municipal da Pessoa com Deficiência, Silvia Grecco, do Secretário Municipal de Saúde, Edson Aparecido, e da fisioterapeuta da área técnica da Saúde da Pessoa com Deficiência, Maria Lúcia Yamashita.

O objetivo da ação é ampliar as melhorias nos serviços de reabilitação para pessoas com sequelas da Covid – 19 ou que necessitam de fisioterapia respiratória.

Ao todo, a SMPED entregará 30 Manuvacuômetros Analógicos (para avaliação na força muscular); 200 Powers Breaths (treinador muscular inspiratório); 200 Osciladores Orais de Alta Frequência (para pacientes com acúmulo de secreção); 200 Peaks Flows (utilizados para medir o pico do fluxo expiratório) e 800 Exercitadores e Incentivadores Respiratórios (espirarômetro de incentivo).

Os equipamentos doados tornarão os tratamentos mais eficazes para todas as pessoas, incluindo pacientes com deficiência que necessitam de fisioterapia respiratória.

Na ocasião, também serão entregues 18 tabletes para os CERs que serão utilizados para consultas e acompanhamentos dos pacientes por modo virtual. O objetivo é reforçar os trabalhos dos centros especializados para a demanda gerada pela pandemia.

Desde o início o da pandemia, mais de 11 mil munícipes foram encaminhados para os centros de reabilitação e demais unidades de saúde do município com sequelas da Covid-19. Entre elas, 373 eram pessoas com deficiência permanente (cadeirantes ou mobilidade reduzida). Número que pode ser muito maior, já que a ficha de notificação do Coronavírus não discrimina pessoas com deficiências temporárias, progressivas ou regressiva e intelectuais.

As tecnologias cedidas para a SMS poderão auxiliar na reabilitação dos pacientes internados atualmente com covid que necessitarem de tratamentos pós internação. Por mês, mais de 2.600 pessoas são atendidas em cada Centro Especializado de Reabilitação.

As unidades que receberão as tecnologias serão o CER Penha, CER Flávio Gianotti, CER M´Boi Mirim, CER Capela do Socorro/ Milton Aldred, CER Lapa, CER Sé, CER Fó, CER Tucuruvi, CER São Miguel, CER Jd. Campos.

A Prefeitura de São Paulo vem reforçando a rede de atendimento à pessoa com deficiência com a finalidade de ampliar o acesso, qualificar o atendimento, articular e integrar os serviços de saúde (atenção básica, especializada e hospitalar) de forma a garantir a integralidade do cuidado às pessoas com deficiência ou não.

Sobre o Centro Especializado em Reabilitação

Os CERs integram as diversas modalidades de reabilitação física, auditiva, intelectual e visual e realizam diagnóstico, tratamento, concessão, adaptação e manutenção de Tecnologia Assistiva, constituindo-se em referência para a rede de atenção à saúde no município.

A cidade de São Paulo conta com 32 unidades da rede CER, 30 com atendimento à pessoas com deficiência. As intervenções são realizadas por equipe multiprofissional composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, entre outros.

Fonte: