Toque de recolher em SP já nesta sexta dia 26

Anúncio foi feito pelo governador João Doria em face dos números recordes de internação no estado. Restrições vão até 14 de março.

DO1 Saúde | 24 de fevereiro de 2021


O governo de São Paulo anunciou nesta quarta-feira 24 que todo o estado adotará um toque de recolher entre as 23h e as 5h, na tentativa de conter a disseminação do novo coronavírus. A recomendação partiu do Centro de Contingência da Covid-19 e será válida entre 26 de fevereiro e 14 de março.

Com isso, bares, restaurantes e o comércio em geral devem permanecer fechados no período. A medida é adotada em um momento de preocupante ascensão no número de casos e óbitos por Covid-19 e na ocupação de leitos de UTI.

Nesta quarta, o estado registra 6.657 pacientes nas UTIs, terceiro dia consecutivo de aumentos em relação à marca histórica de julho de 2020, quando 6.267 pessoas estavam internadas na terapia intensiva. “Nesses últimos 3 dias, 100 pessoas diariamente foram admitidas nas UTIs.”, informou o secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn.

“Não temos nenhuma satisfação de aplicar uma medida como essa, mas temos a necessidade de aplicá-la para proteger vidas. Sem vidas, não há consumo. Mortos não consomem, penalizam famílias”, declarou o governador João Doria ao dar a notícia.

Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência da Covid-19, afirmou que a restrição “evita tanto grandes aglomerações quanto aquelas reuniões com 10, 20 pessoas, que parecem inofensivas, que vão até mais tarde, onde ocorre grande transmissão do vírus”.

Possíveis infrações serão passíveis de multa por descumprimento do Plano São Paulo, acrescentou Menezes. Cidadãos podem denunciar casos de aglomeração pelo Disque-Denúncia (0800-771-3541).