Qualidade de Vida


Atualmente é muito fácil escutar o termo qualidade de vida ser empregado em palestras, notícias e até nos bate-papos entre amigos e familiares, porém, o que realmente quer dizer qualidade de vida?

Esta expressão, que a cada dia ganha mais e mais destaque na nossa sociedade, possui um significado tido como padrão e que é o usado mais comumente.

Mas existe um enorme detalhe que as pessoas que pregam a qualidade de vida muitas vezes se esquecem, já que hoje a preocupação com este assunto está “na moda” e as atitudes e métodos para alcançá-la são colocados com em um manual.

O detalhe que queremos tocar neste artigo é algo que responde pelo nome de INDIVIDUALIDADE e que, apesar do nome complicado, é muito facilmente explicado pela seguinte forma: “as pessoas nãoo são iguais, uma é diferente da outra”.

Tudo bem! Que as pessoas são diferentes nós já sabemos há muito tempo, mas onde isto se relaciona com a qualidade de vida?

Em tudo, podemos dizer.

Se as pessoas são diferentes possuem interesses diferentes e, principalmente, gostos diferentes, sendo assim, como alguém pode, de maneira arbitrária, determinar para mim o que eu tenho que seguir e fazer para alcançar a minha qualidade de vida se em nenhum momento esta pessoa, ou sociedade, preocupou-se em saber quais os meus interesses e, principalmente, os meus gostos?

Exemplos do que é dito são facilmente encontrados, já que a maioria de nós já recebeu uma recomendação para realizar atividades que não nos agradam e, como não seguimos o recomendado, ficamos taxados como pessoas que não se preocupam com a qualidade de vida.

Realmente não é fácil alcançar esta tal qualidade de vida e, para que a sociedade acredite que possuímos uma vida com qualidade, acabamos tendo que nos obrigar a ações que na verdade em nada nos satisfazem. Assim nos tornamos pessoas com qualidade de vida mas insatisfeitas.

Está na hora de começarmos a pensar na qualidade de vida como algo que todos buscamos, mas apesar disto, não existe uma “fórmula mágica” e nem uma “receita milagrosa” para que a achemos. A qualidade de vida está intimamente ligada aos meus gostos e principalmente a AQUILO QUE EU VEJO COMO NECESSÁRIO PARA QUE MINHA VIDA SEJA O MAIS FELIZ POSSÍVEL.