Tóquio 2020 2021

Tóquio 2020 / Esportes Olímpicos / Hóquei na Grama

Hóquei na Grama


Os jogadores de hóquei usam tacos em forma de gancho para avançar a bola em direção ao gol do adversário. As partidas são disputadas em quatro períodos de 15 minutos (para um total de 60 minutos), após os quais a equipe com mais gols vence.

Cada equipe é formada por atacantes, meio-campistas e zagueiros, além de um goleiro, sendo permitidas substituições contínuas. Além dos goleiros, os jogadores não podem tocar na bola com as mãos ou os pés. Em vez disso, eles controlam a bola ⁠ – que tem o tamanho de uma bola de beisebol, mas um pouco mais leve – usando o lado achatado de seus tacos.

Um campo de hóquei tem 91,4 m de comprimento e 55 m de largura, com gols em cada extremidade. Cada gol é cercado por um círculo de tiro em forma de D. Os gols só podem ser marcados de dentro do círculo de tiro do oponente.

Outra característica do jogo é a ausência de impedimento. Retirada das regras do hóquei em 1996, a abolição da regra do impedimento serviu para aumentar a velocidade do jogo e resultou em mais gols marcados.

As partidas de hóquei são controladas por dois árbitros em campo, com suporte adicional vindo de um árbitro de vídeo. Os árbitros de campo, um em cada metade do campo, estão conectados entre si via rádio para auxiliar na tomada de decisão. Para certas faltas, geralmente no círculo de tiro, as equipes recebem um canto de penalidade, onde um jogador empurra a bola para fora da linha de fundo para os companheiros de equipe que esperam ao redor do círculo de tiro. Eles podem então chutar a gol contra apenas cinco zagueiros. Para faltas mais graves, é concedida uma tacada de pênalti, em que um jogador chuta da marca do pênalti, defendido apenas pelo goleiro. Nas fases de mata-mata e classificação, as partidas que terminam com o nível de pontuação serão resolvidas por uma disputa de pênaltis, uma tentativa de um atacante de marcar contra um goleiro em 8 segundos.

Fonte: https://tokyo2020.org/en/sports/hockey/