Junho Laranja - Pelo diagnóstico, prevenção e tratamento da anemia e leucemia

Novo recorde mundial da meia-maratona masculina

Postado por Viva Melhor em 06/dez/2020


Neste domingo, dia 06 de dezembro de 2020, aconteceu a maratona e a meia-maratona de Valência, cidade espanhola que nos últimos anos vem se tornando palco de muitos recordes e grandes marcas e que se autodenomina “la ciudad del running”.

Durante a prova masculina da meia-maratona os resultados surpreenderam a qualquer corredor ou entusiasta dos mais otimistas, já que, além do novo recorde mundial, alcançado pelo corredor queniano Kibiwott Kandie que correu os 21.097m em 57min32seg, tivemos outros 3 corredores terminando a prova abaixo do recorde mundial anterior.

Vala destacar que a marca mundial anterior, 58min01seg, pertencente ao também queniano Geoffrey Kamworor, realizada em Copenhague 2019, já foi  conquistada com o uso dos novos tênis com placa de carbono em seu solado. Tênis estes que foram contestados junto à World Athletics, entidade que rege mundialmente o atletismo, mas que segundo a entidade, não trazem um ganho de desempenho injusto aos atletas que os utilizam.

Pois bem, mais uma vez um recorde mundial é mais que superado, na verdade ele é ignorado já que o ugandês Jacob Kiplimo 57min37seg, e os quenianos Rhonex Kipruto 57min49seg e Alexander Mutiso 57min59seg também terminaram a prova superando o antigo recorde.

Não posso negar que adoro ver um novo recorde mundial ser conquistado, mas acredito que um recorde mundial, como o próprio nome diz, traz o melhor desempenho já alcançado em todos os tempos e, não entra na minha cabeça, que seja tão fácil melhorar as marcas da humanidade seguidamente e em tão pouco espaço de tempo como está acontecendo atualmente com o surgimento destes novos tênis.